Sistemas de porta de correr no Museu Yves Saint Laurent em Paris

Os sistemas de portas de correr automáticos da GEZE melhoram o anterior espaço de trabalho do grande designer de moda Yves Saint Laurent. Com um design elegante e discreto, uma tecnologia invisível e um conforto de passagem, salientaram o ambiente deste palacete citadino ao estilo do Segundo Império. A sede da marca de moda foi recentemente convertida num museu. Os desafios da estrutura especial das entradas altas e largas para o complexo de museus foram ultrapassados com a tecnologia de porta da GEZE.

A porta para a alta-costura – portas de correr personalizadas

A porta para a alta-costura – portas de correr personalizadas

A porta para a alta-costura – portas de correr personalizadas © Christophe Mirabel / GEZE GmbH

O museu atrai multidões. Os sistemas de porta de correr de vidro automáticos com poderosos acionamentos Powerdrive para as entradas altas e largas das salas de exposições demonstraram ser a escolha ideal. Ao entrar no átrio através da primeira porta de correr, o visitante fica frente a frente com os quatro retratos de arte pop nos quais Yves Saint Laurent foi imortalizado por Andy Warhol, tal como se fosse recebido pelo "mestre da casa". Com folhas de vidro escurecidas e um sistema do automatismo oculto, as portas adjacentes misturam-se com o fundo em contraste com a intensidade de cor destas imagens. Pode encontrar portas de correr automáticas de abertura ampla personalizadas com folhas de vidro pesadas dispersas por todo o complexo de museus. Estas guiam o visitante até à coleção permanente, que inclui o lendário smoking "Le Smoking", a gabardine de couro e outros itens icónicos, para as áreas com temas de exibição temporários e o estúdio.

Museu de moda com um toque pessoal

A arquitetura, o design e a tecnologia de porta tiveram de se unir harmoniosamente, uma vez que nunca houve uma grande exibição para um designer de moda. Num complexo de museus de 450 metros quadrados, os visitantes podem mergulhar no mundo da alta-costura: uma retrospetiva da vida e do trabalho de Yves Saint Laurent e exibições com temas alternados, tudo isto a partir de uma coleção de 5000 modelos de alta-costura. No centro do museu está "Le Studio", onde Saint Laurent passou três décadas a conceber as suas coleções.

Interação intensa para as portas automáticas certas

A preservação da atmosfera pessoal das salas num ambiente de museu moderno foi possível apenas com a ajuda de Pierre Bergé, o cérebro do objeto, parceiro de negócios e companheiro de vida de Saint Laurent. O esforço que Bergé empregou para contar a história da marca e o trabalho do seu amigo mostrou o nível de intensidade presente na interação entre os participantes do objeto. Estes incluem o gestor de objetos, Réda Issolah, da firma de Paris, JMR Architectes, o designer de interiores, Jacques Grange, a designer de espaços, Nathalie Crinière, e a curadora, Aurélie Samuel. Na GEZE, contribuímos desde o início para esta colaboração, especialmente no trabalho com os arquitetos.

Foi importante para nós fornecermos sugestões inspiradoras de soluções de portas para todos os intervenientes, tendo em consideração todos os fatores arquitetónicos e estéticos, bem como todos os aspetos da nova utilização do edifício. Sabíamos que muitas das exposições estariam muito próximas das entradas altas e largas, pelo que as portas teriam de ser extremamente discretas.

Philippe Eugène, Gerente da subsidiária da GEZE em França

Estética da porta, conforto de passagem e manuseamento fácil

Foi tomada uma decisão conjunta para utilizar portas de correr automáticas com folhas de vidro em tons de cinzento e acionamentos integrados no teto.

Estética da porta, conforto de passagem e manuseamento fácil © Christophe Mirabel / GEZE GmbH

Inspirados pelo nosso conhecimento nos mais diversos tipos de edifícios, com as mais diversas utilizações, e com base nas opções flexíveis do nosso portfólio de produtos, apresentámos todas as soluções de portas viáveis da GEZE. Foi tomada uma decisão conjunta para utilizar portas de correr automáticas com folhas de vidro em tons de cinzento e acionamentos integrados no teto. Os sistemas de portas de correr cumprem todos os requisitos de conforto de passagem e manuseamento fácil da equipa. Naturalmente, também assumimos a coordenação da cooperação entre todas as partes envolvidas na construção. Como tal, foi possível instalar os sistemas de porta de correr e colocá-los em funcionamento de forma rápida e sem percalços.

Funcionalidades e vantagens das portas de correr automáticas

Com os sistemas do automatismo Powerdrive, a subsidiária da GEZE em França criou portas de vidro de correr automáticas personalizadas para aberturas de portas grandes: